DIARIO DE VIAGENS | DIAS MARAVILHOSOS EM PARATY


Passei dias incríveis em Paraty!

Quer descobrir como decidimos ir para esse lugar, quanto gastamos e como funciona os passeios, pousadas, alimentação e muito mais, vem comigo que te conto tudo.

O local e os gastos no caminho
Paraty fica a 250 km da cidade do Rio de Janeiro e 300 km de São Paulo.
Está localizada no litoral sul do Estado do Rio de Janeiro e possui um lindo centro histórico, praias e muita, mais muita natureza.
Gente o caminho e muito relaxante, cercado por floresta de um lado e praia do outro, muito lindo, paisagem de filme.  
Infelizmente nossa viagem atrasou coisa de duas horas por conta de um engarrafamento que pegamos próximo a Ilha Grande - RJ. E pelo que ouvi e normal essas paradas pela rodovia - fica a dica.
Gastamos com gasolina entre ida e volta, aproximadamente R$250, mais não gastamos isso tudo. Na ida fizemos duas parada, não gastamos com alimentação pois levamos lanches e água, é na volta como era de noite fizemos apenas uma para em uma lanchonete gastando aproximadamente R$25 por casal.
Base de gasto no destinos: Macaé/Paraty | Paraty/Macaé


Hospedagem
Gente toda vez que eu e Thiago marcamos para sair, nos passamos perrengue, e dessa vez não foi diferente kkkk.
Nós temos a mania de sair por ai do dia pra noite, claro que dependendo da condições '$' né mores.
Decidimos ir para Paraty sem fazer reservas, e isso foi muito estressante no dia, mas demos muitas risadas depois.
Fomos em um feriadão, chegamos no final da tarde a cidade que por sinal estava lotada. O que dificulto a  encontrarmos uma pousada ou hotel com dois quartos livre (dois porque estávamos acompanhados dos nossos amigos Ge e Shell, nossos parceiros de role), achamos um hostel com bastante vaga, mais era coletivo, e estávamos com mala, então não serviu.
Já estávamos cansados porque viajamos o dia inteiro, ainda pegamos um pequeno engarrafamento próximo aos tuneis, como já disse, enfim. 
Finalmente e aproximadamente 20h das noite encontramos uma pousada bem aconchegante, e linda.
Não poderíamos ter ficado em lugar melhor.
Passamos duas noites na Pousada da Margarida, segue WhatsApp (24) 99229-8957 (não tem redes sociais) gastamos lá R$300 por casal (com café da manhã).



Pousada da Margarida



Alimentação
1º DIA
No local tem muita opção do que comer e onde comer, desde de uma lanchonete eté o mas chic restaurante a margem do rio.
Como chegamos de noite resolvemos jantar. Encontramos um restaurante bem aconchegante próximo a pousada, muito om por sinal, só não me recordo o nome, gastamos cerca de R$50 por casal, e apos andando pelo centro histórico encontramos uma carrocinha com muita variedade de doces e tortas, e quase que obrigatório você comprar, porque e muito bom.

2º DIA
Pela manhã tomamos café na pousada, que estava muito bom e muito vareado.
A tarde almoçamos na Ilha dos Pelados - Praia de São Gonçalo , com uma vista linda que já já conto pra vocês, gastamos nesse almoço por casal cerca de R$135 por casal.
De noite fomos a uma pastelaria muito famosa do outro lado do lago, conhecida pelos gigantescos pasteis, gastamos lá mais ou menos R$40 a R$50 por casal.

 Almoço na Ilha dos Pelados


3º DIA
Pela manhã tomamos café na pousada.
De tarde almoçamos no barco, aguenta ai que já te conto como foi esse passeio, se eu não me engano o gastamos cerca de R$120 eu e Thiago (tinha muita variedade de cardápio no barco).
De noite fizemos um lanche na estrada que já informei o valor lá em cima na parada noturna que fizemos.


Conhecendo a cidade e Passeios
1º DIA - Passamos o dia na estrada e chegamos na cidade ao entardecer, quando chegamos nós rodamos assa cidade toda a procura de hotel ou pousada, então deu para conhecer um pouquinho, mas estava de noite, então jantamos e demos uma volta pelo centro.

2º DIA -  Depois do café, fomos a procura dos barqueiros, pelo caminho passamos pelo centro histórico que e lindo e romântico, uma dica, não ande com pressa, aprecie tudo a sua volta, cada detalhe, são eles que te marcam e faz da sua viagem inesquecível.









 Ao encontrar os barqueiros descobrimos que as escunas estavam lotadas, que talvez não teria nem passeios para o dia seguinte, ficamos desesperados porque queríamos muito fazer esse passeio. Fomos a traz das agencias de viagem e graças a Deus encontramos passeios para o dia seguinte.
Mas tínhamos um dia inteiro pela frente ainda, então o responsável da agencia nos deu duas opções, ir as cachoeiras do local ou visitar uma ilha.
Como somos da região serrana, vamos a cachoeira todo final de semana, optamos pela ilha, e foi a melhor escolha que fizemos.
O deslocamento até a praia e de carro, cerca de 15 minutos.
A praia por si só já é incrível, a aguá e clara, tem vendedor do que precisar,para chegar até a ilha e preciso pegar um barco na praia mesmo, que custa R$10 por pessoa.
Ficamos na ilha até a ultima embarcação sair (se você for a ilha, pergunte aos barqueiros o horário de encerramento, caso contrario você pode ficar na ilha sozinho kkkk)
O passeio super valeu a pena, o lugar e lindíssimo, e poucas pessoas vão.
Fizemos ate amizade com um casal argentino, acredita.


Praia de São Gonçalo - Paraty




Ilha dos Pelados - Praia de São Gonçalo










Nosso amigo Jose - Argentino

Meus amigos do coração <3

E de noite andamos pelo centro histórico que a noite e todo iluminado e lindo, de quebra visitamos a pastelaria que já falei dela na parte alimentação lá em cima.




3º e ULTIMO DIA - Tomamos café na pousada, e acertamos porque teríamos que sair ao meio dia da pousada, então colocamos as malas no carro, e finalmente fomos ao nosso passeio de escuna, que foi incrível, visitamos varias ilhas, conhecemos a historia de varias delas, e tomamos muito banho de mar. Foi simplesmente melhor do que esperávamos... A escuna que ficamos era muito agradável e confortável, a tripulação muito atenciosa, tinha água e frutas disponível, servia almoço e petiscos, só vou ficar devendo o nome da agencia que fechamos o pacote.























E assim foi nossa jornada por esse lugar incrível que já quero voltar novamente.
Espero que tenha dado para se basear nos gastos que tivemos, e claro que depende da época, para avaliar se a viagem vai ou não ser barata.

Dicas

  • Leve sempre uma mochila, vai poder guardar suas coisa, além de poder levar um lanche para não precisar gastar.
  • Quando chegar na cidade procure logo por uma agencia para comprar o pacote desejado, pois dependendo da época esgota muito rápido.
  • Vá ao mercado, e compre água, frutas e biscoitos, os passeios são demorados e as coisa no arco e no comercio a volta e sempre muito mais caro do que no mercado.



Se você que saber mais sore alguma coisa que não ficou claro deixe seu comentário, que vou responder com prazer.
Até a próxima viagem gente.

Grande bju, Lay.







Comentários

Postagens mais visitadas